Como assim? A resposta é SIM e NÃO. Deixa eu explicar. SIM, porque a TRANSFORMAÇÃO DIGITAL começou com as oportunidades que a web trouxe às empresas. Com uso cada vez maior pelos consumidores, a exigência foi ficando cada vez maior. Para que as marcas respondessem no menor tempo por todos os canais, oferecessem seus produtos não só na loja física, mas também no e-commerce, e tivessem uma presença digital uniforme e efetiva. Essa exigência trouxe ao mercado startups, com modelos de negócios nunca utilizados, promovendo um Tsunami nas empresas tradicionais. Precisamos pensar no jogo seguinte, como dizem os técnicos de futebol.

NÃO, porque TRANSFORMAÇÃO DIGITAL não é só o que acontece na web. É muito mais, pois envolve três elementos.

1º elemento: pessoas

As lideranças das empresas, desde o início da inter-net, mantiveram-se afastadas das principais decisões, seja por desconhecimento, ou descrença. Nunca valo-rizaram de forma correta o que estava acontecendo no mundo dos negócios. Não era só na internet.

2º elemento: processos

Até os anos 2000, as empresas determinavam a for-ma como os consumidores iriam se comunicar com elas. Informavam nos rótulos dos produtos o endereço, caixa postal e 0800. As mudanças, impostas pelo consumidor, trouxeram à tona problemas de processos.

Sejam eles de produção, distribuição, comercialização (quem não ouviu falar de conflito de canais?), mas, principalmente, de qualidade, atendimento e pós-venda. Se antes a comunicação era de mão única e individual, hoje ela é pública e acessível a qualquer um que colocar o nome de uma marca num motor de busca ou numa rede social.

3º elemento: tecnologia

Por último, e não menos importante, a tecnologia, que hoje permite a qualquer um tornar-se líder no seu segmento, com investimento acessível e pouco tempo de mercado.

Mais importante do que a tecnologia são as ferramentas de Inteligência que são utilizadas para alavancar os negócios.
Inteligência não se compra. Se desenvolve com pes-soas e com processos bem definidos. Entendeu agora?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Paulo Kendzerski

Presidente do Instituto da

Transformação Digital

Acesse o artigo completo pelo link

www.institutodatransformacao.com.br/

ebookvamostransformar